Escola Alfredo Paulino recebe certificado da ONU

Desde a década de 60, vários membros da Paróquia São João Bosco estudaram na Escola Alfredo Paulino que hoje tem como diretora a paroquiana Rosângela Lima Yarshell, e garantiu prêmio com a redução de consumo de 25 mil copos descartáveis em 2018

     Temas relacionados a preservação do Meio Ambiente e o uso consciente dos recursos naturais ganham cada vez mais força nas escolas da rede estadual de ensino. Esse assunto já assumiu o papel de protagonista nos projetos realizados pela Escola Alfredo Paulino, localizada no bairro da Lapa, em São Paulo.

     A unidade de ensino recebeu certificado de reconhecimento e excelência da ONU Meio Ambiente pelo comprometimento com o tema poluição plástica nos mares. Em 2018, alunos, educadores, famílias e comunidade evitaram o descarte de 25 mil copos descartáveis.

     O impacto negativo dos produtos de plásticos na vida marinha fez com que a unidade de ensino abraçasse a causa em defesa aos animais marinhos. Diante desse cenário e com o objetivo de proteger os oceanos e a vida marinha, a escola aderiu à campanha #PorAmorAoMar”, do projeto literário Somos Todos Viajantes, com apoio da ONU Meio Ambiente, braço ambiental das Nações Unidas no Brasil.

     “Ao longo dos meses eu fui percebendo a mudança de hábito entre os colegas de trabalho. Nós aderimos a canecas, squeezes e abandonamos os copos descartáveis contribuindo para a diminuição da poluição plástica”, disse a professora de Educação Física Kahira Regina El hayek da Lóia. Alunos e professores acabaram aderindo outras atitudes sustentáveis no dia a dia. “Essa ação ajudou também na mudança de outras práticas, como deixar de usar os canudos e as sacolas plásticas. Sinto-me orgulhosa por fazer parte de uma equipe tão comprometida e sermos sim de uma escola pública”, completa.

     E boas atitudes merecem e devem ser compartilhadas. É isso que o aluno do 2º ano do Ensino Fundamental André Francoso adotou em sua vida. “Eu achei muito importante e legal trabalhar com o projeto “Por Amor ao Mar” com todos os professores, pois aprendi muitas coisas. E agora eu não vou mais usar copo descartável e falo para as pessoas não usarem”, explica.

     “O pessoal é muito carinhoso com o Meio Ambiente. Muito bacana, você vem aqui na hora do recreio e não tem sujeira. Plantamos flores em comunhão com as crianças. Nada é estragado. Eles têm amor pela natureza”, explica a diretora Rosangela Yarshell.



     A campanha #PorAmorAoMar surgiu para engajar ainda mais alunos, professores, educadores, dirigentes no movimento pela redução dos copos plásticos descartáveis no ambiente escolar. O sentido dessa campanha é pensar na escola como campo de treino para os hábitos necessários para a proteção do mundo. Colocar a criança como protagonista, no sentido de reforçar o senso de autorresponsabilidade. A campanha é gratuita, colaborativa e é aberta para todos que têm interesse em contribuir com o Meio Ambiente.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home