A bênção e a gratuidade do dízimo

     Desde o Antigo Testamento, o dízimo é uma das atitudes do povo honrar a Deus e sustentar a comunidade. Muitas são as formas de encarar o ato de dizimar, mas existe uma definição clara do que é dízimo, qual é a importância na vida do fiel dizimista e da igreja a qual ele destina a sua semente de participação – um ato de gratidão a Deus! É a devolução a Deus, através da Igreja, de um pouco daquilo que Ele oferece ao seu povo. É a contribuição para a comunidade da qual faz parte. É uma forma de despertar a comunidade a ser sinal de colaboração na construção do Reino. Ser dizimista é uma questão de fé! 

     Ao contrário do que alguns pensam, o dízimo não é taxa de adesão à comunidade ou uma forma de “comprar” as bênçãos e usufruir dos serviços eclesiásticos. Deve contribuir todo cristão que participa ativamente da vida da comunidade, ninguém está dispensado. Todos, sem exceção, devem contribuir!

     O dízimo é uma fonte de bênção porque tudo o que é feito com amor e por amor, agrada a Deus – um caminho de conversão que faz superar as marcas do egoísmo e obedecer a um mandamento santo do Senhor.

     A Pastoral do Dízimo realiza plantões de atendimento, esclarecimento e novas adesões. Informe-se na secretaria paroquial sobre o horário do plantão.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home