Mártir de Dom Bosco: carta do Reitor-Mor pela morte de padre salesiano


Padre Antonio César Fernández (em pé, o 8º da esquerda para a direita), por ocasião da visita do Reitor-Mor, padre Ángel Fernández Artime, à Inspetoria África Ocidental Francófona (AFO)

     “Meus queridos irmãos, acabo, faz alguns minutos, de chegar a Roma ‘Sacro Cuore’, procedente da Irlanda, onde estive a fazer uma visita a essa Inspetoria de São Patrício com sede em Dublin, e passo imediatamente a pôr-me em contato com todos Vós. O motivo é a assaz dolorosa notícia recebida faz algumas horas, durante a noite, com que me informavam que o nosso irmão salesiano padre Antonio César Fernández, missionário na África desde 1982, foi assassinado em 15 de fevereiro, recebendo três disparos durante um ataque ‘jihadista’ perpetrado a 40 quilômetros da fronteira sul de Burkina Faso. Graças a Deus, os outros dois coirmãos sobreviveram ao assalto. Procediam de Lomé (Togo), após celebrar a 1ª Sessão do Capítulo Inspetorial da África Ocidental Francófona (AFO). 

     Queridos Irmãos, são muitos os dias ao longo do ano em que recebo notícias de falecimento de irmãos nossos salesianos, devido a causas naturais: é a lei da vida, e isso dar-se-á também conosco. Nesses casos, damos graças a Deus por tantas vidas, admirável e generosamente expendidas por Ele!

     Mas ao nosso querido coirmão Antônio César, entretanto, lhe roubaram a vida, e sem qualquer motivo: era um homem bom, um homem de Deus, que, como Nosso Senhor, passou pela vida ‘fazendo o bem’, especialmente entre o seu amado povo africano. Antônio César tinha 72 anos de idade, 55 de profissão religiosa e 46 de sacerdócio. Poucos meses antes nos havíamos encontrado, em Burkina Faso, exatamente em sua comunidade, em Ouagadougou, onde era diretor e pároco.

     Antonio César junta-se agora a outros tantos mártires da Igreja de hoje, no Mundo (alguns deles salesianos e membros da nossa Família Salesiana).

     Convido-vos a dar graças a Deus pela maravilhosa vida desse nosso irmão padre Antonio César, e também a pedir ao Pai que ajude esta Sua pobre Humanidade a pôr um fim a tanto escalar de violência, cujos efeitos são somente prejuízos.

     Queira o bom Deus que o sangue do César, derramado em terra africana, seja não apenas semente de cristãos, seguidores fiéis de Jesus Cristo, mas também de jovens vocações para o serviço do seu Reino. Descanse em Paz, querido César!

     Irmãos, sigamos mais unidos que nunca no serviço do Povo de Deus e dos Jovens mais pobres. O mal nunca tem a última palavra. A Ressurreição do Senhor no-lo mostra claramente. Continua realidade que – mesmo na dor – Deus transforma todas as coisas.

     Um grande abraço e uma prece de todos também pelo descanso eterno do padre Antonio César. Vá o nosso afeto quer a seus Familiares, em Pozoblanco (Espanha) e ali onde estiverem; quer à querida Inspetoria de AFO a que ele pertencia; e quer à de Maria Auxiliadora (SMX) onde tanto aprendeu a amar a Dom Bosco que chegou a identificar-se com Ele.”



O padre salesiano César Fernández morreu tragicamente em uma emboscada armada por jihadista, em Burkina Faso, um país africano, sem saída para o mar, com território um pouco maior que o estado de São Paulo.

     Segundo comunicado emitido pela Congregação Salesiana, o ataque contra o sacerdote ocorreu no contexto da onda de violência que assola Burkina Faso desde 2015, diante do recrudescimento do terrorismo após a conclusão da V Conferência de Chefes de Estado do G5 do Sahel, na qual este país assumiu a presidência rotativa.

     Embora o país abrigue parques nacionais e reservas com grande potencial turístico, suas riquezas não são exploradas de forma significativa. Burkina Faso tem um dos menores PIB em valores per capita no mundo: U$S 1.500 dólares. Grande parte da atividade econômica do país é financiada pela ajuda internacional.

     O relatório do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas classifica Burkina Faso como o país com o menor nível de alfabetização no mundo e aponta uma série de problemas socioeconômicos.  A pobreza, a fome e a carência de água potável castigam a população local. A taxa de analfabetismo é a maior do planeta (80%). Todos esses fatores refletem diretamente no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, que atualmente é um dos menores do mundo.

     Os salesianos na Espanha honrarão a memória do missionário salesiano Antonio César Fernández com a celebração de uma missa no santuário de Maria Auxiliadora de Madri no dia 4 de março de 2019, às 19h30. 
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home