Maio de 2015 - Seu Evangelho destaca os traços humanos de Jesus

     É ponto firme da nossa fé que Jesus é verdadeiro homem. Por isso Ele é semelhante a nós em tudo, menos no pecado. Tentado, sim, Ele foi. Mas nunca cedeu à tentação. Como diz João no seu Evangelho, o Filho de Deus, o Verbo, 'se fez carne' (Jo 1,14): carne é o ser  humano na sua fraqueza, como ensinam os autores da importante tradução e comentário da Bíblia de Jerusalém: " 'A carne' designa a humanidade em sua condição de fraqueza e de mortalidade (Gn 6,3; Sl 56,5; Is 40,6-8; Jo 3,6; 17,2). Revestindo nossa humanidade, o Verbo de Deus assumiu todas as suas fraquezas, inclusive a morte (Fl 2,6-8)". O mesmo evangelista João, como que concluindo, afirmará  na sua primeira carta: "Todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio na carne é de Deus" (1Jo 4,2).

     Esse dado da nossa fé é exemplificado especialmente  no Evangelho de Marcos. Nele vemos um Jesus que tem necessidade de perguntar para saber (9,16.33); que usa às vezes, ao curar, 'artifícios lentos' (Bettencourt) (7,32-35; 8, 23-26); que ignora o dia e a hora da Parusia (13,32). Em 3,21 dizem os parentes de Jesus de modo bastante chocante que Ele 'está fora de si' e O querem prender. E em 6,5s Marcos refere que Jesus 'não pode' fazer milagres em Nazaré...

     Ao descrever os sentimentos de Jesus, Mc O apresenta 'movido de compaixão' (1,41); 'olhando com ira' (3,5; cfr. Lc 6,10); 'gemendo do fundo da alma' (8,12); 'com liberdade de ânimo' (8,32). Jesus fica admirado com a falta de fé dos habitantes de Nazaré (6,6); irrita-se contra os apóstolos que afastam d'Ele as crianças (10,13); suspira antes de curar o surdo-mudo (7,34); toma no colo as criancinhas (9,36; 10,46); fixa com amor o jovem rico (10,21s). Em 11,13s.20 temos a cena 'estranha e inquietante' da maldição da figueira, ainda que não fosse a estação dos figos! (B.Rigaux).

     Quisemos apenas constatar, deixando para outra ocasião uma análise mais profunda das diversas passagens do Evangelho de Marcos. Para a ira de Jesus, por exemplo, lembraremos Efésios 4,26: 'Irai-vos, mas não pequeis: não se ponha o sol sobre a vossa ira'. É  claro que a ira de Jesus não constituía e não podia constituir  descontrole  emocional algum... Outro exemplo: Mc 13, 32. Enquanto homem jesus não sabia a data do fim do mundo, pois  "não cabe aos homens conhecer os tempos e momentos que o Pai marcou  com sua própria autoridade (At 1,7)" ( VTB, col. 1016). Assim por diante.

     Sabemos que Jesus foi o homem mais perfeito entre todos . Cabe-nos imitá-Lo!  Marcos ajudou-nos  no conhecimento d'Ele, esse  extraordinário homem chamado Jesus, enviado pelo Pai para salvar seus co-irmãos da terra que d'Ele precisavam.

Padre Alcides Pinto da Silva atua na Obra Social São João Bosco, em Campinas
 
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home