Governadores da Amazônia debatem preservação no Vaticano

A iniciativa contou com a presença de 30 governadores e 3 ministros. Um dos objetivos foi oferecer uma ampla perspectiva das diversas realidades que compõem a região, à luz do Sínodo


     Em 28 de outubro de 2019, um grupo de governadores da Amazônia participou de uma reunião no Vaticano com religiosos e cientistas para debater medidas de preservação da maior floresta tropical do mundo. O encontro sob o tema "Caminhos e compromissos para o desenvolvimento sustentável da Amazônia", tem como base os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (ODS) e, em especial, a mensagem da Encíclica Laudato Si do papa Francisco e os resultados do Sínodo sobre a Amazônia.

     Além disso, a ideia era dar aos governadores a oportunidade de apresentar seus compromissos com o desenvolvimento sustentável na floresta. A cúpula aconteceu um dia após o encerramento da Assembleia de Bispos sobre a região Pan-Amazônica, cujo relatório final, com 120 pontos, propõe modelos econômicos baseados em ecologia integral e respeito aos povos indígenas. Entre os participantes brasileiros estiveram presentes o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), Helder Barbalho (MDB-PA), Waldez Góes (PDT-AP), Gladson Cameli (PP-AC), Flávio Dino (PC do B-MA), além do governador do Piauí, Wellington Dias (PT). O objetivo dos representantes da Amazônia era manter uma certa distância da imagem do presidente Jair Bolsonaro, mundialmente criticado por sua política ambiental. Dois governadores da região expoentes do PSL, Antonio Denarium (RR) e Marcos Rocha (RO), não participaram do evento.

     O encontro, que permitiu ter uma perspectiva abrangente das diferentes realidades que compõem a Amazônia, incluindo de outros países, também contou com a presença de convidados, como pesquisadores, representantes da sociedade civil e dos Legislativo e Judiciário. A iniciativa foi promovida pela Pontifícia Academia das Ciências, pelo Consórcio de Governadores da Amazônia Brasileira e pela Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia.

Fonte: www.terra.com.br
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home