Por que participar de um curso de estudo bíblico?

Todas segundas-feiras, às 20 horas, um grupo de estudos bíblicos se reúne na Paróquia São João Bosco. No ano passado, padre Magno Carvalho foi o orientador. Este ano, a assessoria será direcionada por padre Ailton António. Interessados devem procurar as coordenadoras Maria Teresa Suranyi ou Katia Kerry

     “Em agosto de 2019 comecei a participar de um grupo que já estava em andamento na Paróquia São João Bosco, desde o primeiro semestre.  Me sentia provocada pelas fotos e comentários que recebia de amigos que participavam do curso e publicavam alguns flashs no WhatsApp, por isso, cada vez me sentia mais motivada.

     Finalmente quando comecei a participar entendi que isso aumentava a minha fé. Percebo que não temos apenas um monte de ritos descontextualizados, mas uma herança religiosa que faz sentido. Estudamos o livro dos Atos dos Apóstolos e achei maravilhoso participar. As discussões e os aprofundamentos das leituras para mim equivaleram a um curso de especialização universitária. Recomendo a todos!”, Rosangela de Lima Yarshell, da Pastoral do Batismo e Récita do Rosário

     “Quando comecei a frequentar esse grupo não podia imaginar o quanto é  rico e o quanto não sabemos sobre a Bíblia. Quanto mais conheço, mais quero conhecer e compreender muitas coisas da nossa religião”, Regina Padilha, catequista

     “Porque desejo, através do relacionamento com outras pessoas, exercitar os ensinamentos da Bíblia.  Conhecer a Palavra de Deus num grupo de pessoas torna maiores as chances de questionarmos nossas convicções que podem se fragilizar ao ponto de concluirmos que não eram tão corretas como pensávamos. Acredito que é através da convivência com uma comunidade que tomamos consciência de nosso mundo interior, quem somos de fato e de perceber se efetivamente praticamos os ensinamentos apreendidos”, Rosana Araújo, Dom Bosco Ambiental

     “É um grupo de muito afeto  e de aproximação da Palavra de Deus. Me sinto 100% acolhida neste grupo. Tem sido um processo de reforma interior. Sinto que faço algo útil para mim”, Ieda K. Marcos, Pais Missionários

     “Participar do grupo de estudo da Bíblia é um privilégio. É muito bom ter como mediadores um diácono e um padre, suas explicações nos aproximam de um entendimento claro da Palavra de Deus”, Cassiano Sandrini, catequisando
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home