Julho de 2015 - A resistência de Jó frente à dor e ao sofrimento

      A Bíblia diz que Jó foi um dos homens mais ricos do seu tempo. Ele era temente a Deus e odiava o mal. Entretanto, um dia sua vida desmoronou. Ele perdeu todas as riquezas que havia conquistado, os filhos, sua saúde e foi traído pela mulher. Ela disse que ele amaldiçoasse o Senhor e morresse. Se isso não bastasse, quatro de seus amigos vieram e se assentaram ao seu redor para acusá-lo de ter estragado tudo.

      Durante sete dias, Jó ficou ali sentado, ouvindo palavras duras. Queriam que ele confessasse os pecados que causaram tanta destruição. O que Jó fez com tudo isso? Ele tinha de decidir como encararia aquela situação terrível. Jó não podia negar as más notícias pois tudo o que ele valorizava na vida havia se perdido, mas, naquele momento, ele firmou o seu coração e decidiu que não acusaria Deus, nem sentiria pena de si mesmo. Ele simplesmente declarou em alta voz: "Saí nu do ventre da minha mãe, e nu partirei. O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor". (Jó 1:21).

      Quando sua mulher disse para ele amaldiçoar o Deus Altíssimo e morrer, Jó disse: "Não, obrigado. Vou adorar a Deus e viverei para anunciar as Suas maravilhas! Eu ainda tenho a Sua presença! Posso ter perdido tudo, mas a minha fé ninguém pode roubar. Não entendo porque tudo isso está acontecendo, mas sei que Ele está comigo". A Bíblia finaliza a história de Jó, contando que Deus restaurou duas vezes mais do que ele tinha no princípio!
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home