Setembro de 2015 - Comprometendo-se com a Palavra!

     Setembro, mês da Bíblia. Mês de um confronto sempre mais direto com a Palavra de Deus. Confronto comprometedor. Confronto que não é "conforto" pacifista e alienante. É confronto que desinstala, que produz a vivência da "paz inquieta". Vejamos o que nos diz o evangelho, a boa notícia de cada domingo do tempo comum deste mês: 

     23º domingo (06.09): Mc 7, 31-37 - Jesus diz ao surdo, que falava com dificuldade, tocando nele: "Abre-te". E seus ouvidos se abriram e sua língua se soltou. Será que não está na hora de pedirmos a Jesus que abra nossos ouvidos e solte nossa língua para escutarmos e anunciarmos sua Palavra e testemunhá-la com ardor? A resposta é pessoal. Não deixemos que nos roubem o Evangelho.

     24º domingo (13.09): Mc 8, 27-35 - A pergunta de Jesus é direta: "Quem dizem os homens que eu sou?". A pergunta é ainda mais direta para nós hoje: para você, para mim, quem é Jesus Cristo? É Ele de verdade o centro de minha vida, do meu ser, do meu viver? Estamos entregando nossa vida como Ele e com Ele? Não deixemos que nos roubem a pessoa de Jesus como razão e centro de nossa vida.

     25º domingo (20.09): Mc 9, 30-37 - Havia discípulos de Jesus que queriam ser os mais importantes, ser "o maior" no seu reino. A resposta de Jesus foi clara: "Quem quiser ser o maior, seja o último, aquele que serve!". Qual tem sido o meu grau de serviço aos irmãos, no seguimento de Jesus? Estou sendo servidor, como Jesus? Não deixemos que nos roubem a generosidade do serviço e da partilha fraterna.

     26º domingo: (27.09): Mc 9, 38-43, 45, 47-48 - Quem não está contra Jesus está a seu favor. Ninguém tem exclusividade de Jesus. Quem leva adiante o projeto de um mundo mais humano e justo, como foi a prática de Jesus, está com Ele, está conosco. A vida é dom de amor, como dom deve ser doado a serviço da vida. Não deixemos que nos roubem o amor-comunhão.

     Que a Palavra nos "perturbe", nos dê a paz inquieta para viver o confronto com a vida de Jesus e sermos praticantes de sua Palavra, vivendo sua vida. Com o entusiasmo de quem tem Deus dentro de si, em seu viver!

Padre Assis Moser, sdb.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home