Outubro de 2015 - Como discípulos missionários!

     Outubro, como Igreja Povo de Deus, nos alerta que devemos cada dia viver nossa vida de discípulos missionários. Atentos à escuta do que o Senhor nos fala, importa viver o testemunho alegre, com ardor missionário, a boa notícia do Evangelho. O que a Palavra de Deus nos pede como vida nova? Vejamos: 

     27º dtc (04.10) – Mc 10, 2-16: pela dureza do coração machista e patriarcalista, onde os homens controlam e dominam as mulheres, Moisés permite o divórcio. Em Jesus e com Jesus a vida é diferente. Ela existe a partir do amor: os dois devem ser uma só carne, uma só vida, uma só comunhão. Importa ser como criança para entrar no Reino... Seu coração vive aberto para a comunhão?

     28º dtc (11.10) – Mc 10, 17-30: a quem se apresenta para segui-lo, Jesus olha com carinho, com ternura, com amor. Mas não mostra vida fácil: para segui-Lo há que ser por inteiro, entregar tudo, sem guardar nada. “Vender, dar o dinheiro aos pobres, seguir”... só partilhando o que temos e somos poderemos ser dos seguidores de Jesus. Você aceita o desafio?

     29º dtc (18.10) – Mc 10, 35-45: no caminho com Jesus, os discípulos ainda não entendem: querem sentar-se à sua direita / esquerda, em busca de poder e prestígio. Jesus não quer que os seus sejam como os tiranos, os ditadores que oprimem, exploram. O discípulo de Jesus se quiser ser grande, deverá ser servidor, não há outra saída. Você se considera um servidor, como Jesus?

     30º dtc (25.10) – Mc 10, 46-52: um cego e mendigo no caminho de Jesus. Jesus cura sua cegueira e ele se põe a segui-Lo. Por vezes vivemos como cegos à beira do caminho. Não queremos viver como Jesus vivia. Precisamos tirar o que nos impede de ver Jesus e segui-Lo: amarras, egoísmo, comodismo. Correr ao seu encontro para Dele nos aproximar e viver como Ele. Como está a sua cegueira? Você quer ser curado?

     Que este outubro missionário nos faça mais próximos de Jesus. Que possamos nos aproximar Dele, como discípulos missionários para saborear sua companhia, viver como ele e ajudar a quem Deus coloca em nossos caminhos, a viver a alegria do encontro e do seguimento de Jesus.

Padre Assis Moser, sdb.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home