Janeiro de 2016 - Os Reis Magos segundo o Evangelho de Mateus

     Os Reis Magos são personagens citados somente por Mateus (2,1-12), que visitaram o menino Jesus e levaram presentes. O evangelista não diz quem são e nem o número, mas a tradição retém que eram três e deu a eles os nomes de Melquior, Baltasar e Gaspar.

     Os três reis são chamados de "Magos" não porque fossem experts na magia, mas porque tinham grande conhecimento da astrologia. De fato, entres os persas, se dizia "Mago" aqueles que os judeus chamavam "escribas", os gregos "filósofos" e os latinos "sábios".

     De acordo com a narração de Mateus, os Magos, quando chegaram em Jerusalém, visitaram Herodes, o rei romano da Judeia, e perguntaram quem era o rei que havia nascido, pois tinham visto aparecer a "sua estrela". Herodes, claramente não conhecia a profecia do Antigo Testamento (Miquéias 5,1) e perguntou aos sábios sobre o lugar onde deveria nascer o Messias. Tendo sabido que o lugar era Belém, mandou os Magos àquela cidade, pedindo-lhes que referissem a ele o lugar exato onde encontrar o menino, para que "também ele pudesse adorá-lo".

     Guiados pela estrela, os Magos chegaram a Belém, cerca de 10 quilômetros de Jerusalém. Chegados diante do Menino, ofereceram-lhe, como presente, ouro, incenso e mirra. Tendo sido avisados, em sonho, para não dizer nada a Herodes, voltaram para suas terras por uma outra estrada. Tendo descoberto o engano, o rei Herodes mandou matar todas as crianças de Belém que tivessem menos de dois anos.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home