Março de 2016 - Moisés: um líder de multidões

     Moisés é um dos personagens mais importantes do Antigo Testamento, o líder que representa uma divisão de águas na história bíblica. Antes da vinda de Jesus, foi o profeta mais importante – assim considerado até mesmo entre os muçulmanos -, membro da Tribo de Levi. Segundo as crenças hebraicas e cristãs, os cinco livros iniciais do Antigo Testamento – o Pentateuco – são de autoria de Moisés.

     Na época do seu nascimento, narrado no Êxodo 2, o faraó do Egito, que mantinha os judeus como escravos, tinha promulgado uma lei que condenava à morte todos os filhos do sexo masculino nascidos de hebreus. Na tentativa de salvar sua vida, seus pais o ocultam durante três meses, depois, sem maiores perspectivas, eles o acomodam em uma cesta de junco, depositando-a nas águas do Rio Nilo. O menino é então encontrado justamente pela filha do Faraó, adotado e educado por ela no seio da corte, para que se torne um príncipe. Em sua alma, porém, ele permanecia conectado aos anseios e ideais de seu povo, o que o levou a matar um administrador egípcio que feria deliberadamente um escravo judeu. Perseguido como traidor por este crime, aos quarenta anos ele foge para se salvar da morte. Neste momento ele se refugia entre as montanhas de Mídia, próximas ao Golfo de Acaba. No segundo período de sua importante jornada, ele resgata o povo aprisionado e o guia até os limites de Canaã, a Terra Prometida.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home