Abril de 2016 - É tempo pascal...

     Por um bom e belo tempo vivenciamos a Quaresma. Vivemos conversão nos passos de proximidade com Deus e nos seus caminhos de comunhão fraterna. E o Mistério Pascal se fez presente. E celebramos a Páscoa. E vivemos Passagem. E fomos e somos sinais de Vida Nova em Cristo. Estamos, agora, em Tempo Pascal, onde o Senhor nos convida a seguir seu caminhar... 

     No terceiro domingo da Páscoa o Senhor Jesus diz aos discípulos: “Lançai a rede à direita da barca, e achareis” (Jo 21, 6). Jamais se viu tanto peixe assim... E eles viram: “É o Senhor”! E o encontro com Ele reaviva a fé estremecida de discípulos frágeis. Em meio às preocupações (o Senhor morreu!), em meio ao desânimo do sem saber o que fazer, esse encontro vem lhes dizer: Não estão sozinhos. Há que seguir em frente! Eu sinto que Ele está e caminha comigo?

     No quarto domingo da Páscoa nosso encontro é com o Bom Pastor! É sua voz que devemos escutar e seguir (Jo 10, 27). Nossa decisão, comprometedora sempre, é seguir Jesus. Decisão que muda nosso modo de ser, de viver, de agir. Decisão que é compromisso de vida e... por toda a vida. Decisão que é compromisso de viver como Jesus viveu! Estou disposto a ser como Jesus foi, ser seu discípulo?

     No quinto domingo da Páscoa recebemos o mandamento novo: amar! A novidade não está no amar, mas amar como Ele nos amou (Jo 13, 34). Se somos, de verdade, amigos de Jesus, nosso caminho é viver em profundidade esta amizade de comunhão de vida... com Ele e com todos os outros  que também vivem com Ele a vida de amizade. Amo de verdade, como Jesus? Deixo que as pessoas me amem?

     E vem o sexto domingo da Páscoa. Jesus vem nos dizer que precisamos guardar sua Palavra (Jo 14, 23). Guardar: conhecer, saber e... sobretudo, viver, testemunhar, torná-la vida na vida de cada dia... com Ele! E para isso o dom do Espírito nos recordará tudo, nos dará ânimo, para viver com entusiasmo.  “Nesses tempos de ódio precisamos andar amados”...

     Que a força do Ressuscitado, nesse Tempo Pascal, seja a força de nosso caminhar nos caminhos de Deus. Esperando o dom do Espírito Santo que logo celebraremos e receberemos em Pentecostes!

Padre Assis Moser, sdb.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home