Abril de 2016 - Apóstolo Pedro visita um centurião romano

     Os primeiros seguidores de Jesus eram judeus, mas Cornélio, um centurião romano, não era. Contudo, ele amava a Deus, orava a Ele e fazia muitas coisas boas para o povo. Então, numa tarde, apareceu-lhe um anjo e disse: “Deus tem prazer em você e vai responder às suas orações. Mande uns homens buscar um certo homem chamado Pedro. Ele está em Jope, na casa de Simão, junto ao mar”.

     Cornélio logo mandou uns homens procurar Pedro. No dia seguinte, quando eles se aproximavam de Jope, Pedro estava no terraço da casa de Simão. Enquanto Pedro pensava em uma visão que Deus fez aparecer a ele, chegaram à casa os homens enviados por Cornélio e perguntaram por Pedro.

     Pedro desceu a escada e disse: “Eu sou o homem a quem procuram. Por que vieram?” Quando os homens explicaram que um anjo disse a Cornélio para convidar Pedro à sua casa, ele e seus amigos foram visitá-lo em Cesareia.

     Cornélio tinha reunido seus parentes e amigos. Chegando Pedro, ele foi ao seu encontro, ajoelhou-se e curvou-se aos pés do apóstolo. Pedro disse: “Levante-se; sou apenas homem”. 

     Pedro pregou aos reunidos daquele lugar. “Vejo que Deus aceita todos os que querem servi-Lo”, disse. Enquanto ainda falava, Deus enviou o Espírito Santo e aquelas pessoas passaram a falar em línguas diferentes. Isso surpreendeu os discípulos judeus, que haviam ido com Pedro, porque pensavam que Deus favorecia apenas os judeus. Esse fato mostrou  que Deus não considera os de uma raça melhores ou mais importantes do que os de outra raça.

     Pedro foi o primeiro apóstolo a abrir o cristianismo para os judeus e gentios incircuncisos.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home