Setembro de 2016 - Timóteo: Filho Espiritual de Paulo

     Timóteo é um dos personagens mais conhecidos do Novo Testamento, não apenas pelas duas Epístolas que levam seu nome, mas também por várias referências diretas e indiretas em outros livros da Bíblia. Muitas pregações são feitas sobre Timóteo, geralmente ligadas ao seu exemplo como jovem obreiro. 

     Ele era um exemplo não apenas dentro da Igreja em que era membro, mas diante da sociedade a qual fazia parte, tanto que sua reputação chegou até Icônio. Esta conduta não foi construída de uma hora para outra. Foi resultado de uma aprendizagem que começou quando Timóteo era ainda muito novo.

     A submissão que Timóteo tinha ao apóstolo Paulo o preparou para ser um exemplo de obreiro, um evangelista que foi um dos líderes da Igreja Primitiva (2Tm 4,5). Além de porta-voz de Paulo em diversas situações, ele participou com ele de várias viagens missionárias. Atos 16, mostra Timóteo com Paulo, Silvano e, mais tarde, Lucas, evangelizando várias províncias até chegar à Europa. Embora na Bíblia não seja citada a presença de Timóteo em Filipos e Tessalônica é bem provável que ele estivesse por lá.

     O carinho do apóstolo Paulo por seu discípulo Timóteo é evidente nas Escrituras, tal como pai para filho. Durante a sua última prisão em Roma, Paulo pediu que Timóteo fosse visitá-lo antes do inverno (2Tm 4, 6-9). Não é possível afirmar onde Timóteo estava naquele momento, e também não se sabe se ele conseguiu chegar antes de Paulo ter sido martirizado. Acredita-se que Timóteo também tenha sofrido martírio.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home