Janeiro de 2017 - E vem o Ano Novo... 2017

     E vem com cara de novo ano... pois o novo sempre vem. Importa acreditar contra toda a esperança: cada um de nós é sinal da vida nova que há de brotar de forma renovada. É bom crer na vida, lutar pela vida, sermos mais humanos em humanidade rica, para ser ainda mais de Deus, ricos em humanidade e cheios de misericórdia. 

     No primeiro dia do novo ano celebramos a Santa Mãe de Deus, Maria! Os pastores (Lc 2, 16-21) foram às pressas a Belém e encontraram o “Menino”. Os pobres foram os primeiros a visitar “o pobre”. Igual a Maria que guardava tudo no coração, possamos viver com Jesus no mais íntimo de nós mesmos para testemunhar, em seu nascimento, o amor libertador. 

     O Evangelho de Mateus (2, 1-12) apresenta a Epifania / manifestação de Jesus. Ele quer se encontrar conosco. Importa sentir e reconhecer os sinais que nos levam ao encontro com Ele... E sermos sinais, uma estrela-guia, que leve outros ao encontro com Jesus. Sem medo dos Herodes que andam por aí e que querem atrapalhar e impedir os que caminham ao encontro Dele!

     A partir do dia 15 celebramos alguns Domingos do Tempo Comum. No segundo DTC o Evangelho (Jo 1, 29-34) nos mostra o “Cordeiro de Deus”, apresentado por João Batista. Somos convocados a nos encontrar com Ele e fazer de nossa vida um seguimento da Sua, seguindo com a força e a paixão que vem Dele. Uma vida sem o fogo dessa paixão animada pelo Espírito não é uma vida Nele e com Ele. Nosso desafio: sermos apaixonados!

     No terceiro domingo somos chamados à conversão (Mt 4, 12-23). Esse estilo de vida nos deve acompanhar no caminho de Jesus: ou nos convertemos sendo como Ele ou não faremos caminho com Ele. Em meio a uma sociedade indiferente ao que é valor humano, e muito menos cristão somos chamados a viver o compromisso com os valores apontados por Jesus.

     No quarto domingo Mateus (5, 1-12) nos apresenta as Bem-aventuranças: o programa de vida de Jesus... e também nosso... É o caminho de anúncio e testemunho do Reino. Caminho que o mundo e, especialmente a Igreja, precisam tomar: nesta vida enganosa, viver nova ética, nos passos de Jesus, para ser bem-aventurados e ajudar na felicidade de quem Ele coloca em nosso caminho.

     Façamos um caminho novo com Jesus. E com Ele, Feliz 2017!

Padre Assis Moser, sdb.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home