Fevereiro de 2017 - Seguidor de Paulo, líder da Igreja Primitiva

     Tito foi um dos companheiros do apóstolo Paulo, e um dos líderes mais importantes no início da Igreja Primitiva. Provavelmente também foi um filho na fé de Paulo, convertido em uma de suas pregações (Tt 1:4). Era um obreiro de confiança e um grande companheiro.

     Tinha habilidades de liderança e era firme e decidido. Diferentemente de Timóteo, que era uma pessoa mais branda, Tito tinha uma personalidade mais forte e impunha grande liderança e firmeza em suas decisões. Com essas características ele se encaixava bem na posição de trabalhar contra o paganismo dos habitantes da cidade de Creta e estabelecer a sã doutrina, combatendo um possível início do gnosticismo.

     Tito foi convocado a encontrar Paulo em Nicópolis após o envio de Ártemas ou Tíquico, e também foi designado a garantir que nada faltasse a Apolo, outro grande pregador do Evangelho da época (Tt 3:12,13). É possível que em Nicópolis ele tenha sido incumbido para uma missão evangelística na Dalmácia, na qual estava realizando o seu chamado quando Paulo escreveu a Epístola de 2 Timóteo (2Tm 4:10).  Afirma-se que ele tenha retornado para Creta, e permanecido ali como bispo da Igreja até uma idade avançada. Alguns estudiosos acreditam na possibilidade de Tito ter sido irmão de Lucas.

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home