Abril de 2018 - Adoração de Isaías, um exemplo para nós

     Algo que chama a atenção na visão de Isaías é a maneira como os anjos se comportavam diante do Senhor. "Os serafins estavam acima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobriam os seus rostos, com duas cobriam os seus pés e com duas voavam” (Is 6,2).  Por que os serafins cobriam seus rostos e pés, se eles são seres santos, que ministram louvor a Deus sem cessar?! 

     Os serafins cobriam os rostos porque não estão acostumados com a Glória de Deus e não se acham dignos de olhar para o Senhor. Os pés eles tapavam como um sinal de reverência e respeito diante de Deus. Esta passagem nos ensina o quanto devemos ter reverência na presença de Deus, pois os próprios serafins, que são seres santos e puros, temem a Deus a ponto de se acharem indignos de estarem em Sua presença. 

     Claro que temos liberdade para adorar a Deus, mas muitas vezes deixamos de admirar a Sua gloriosa Presença. O tratamos como um ser comum e depois não entendemos porque  não conseguimos mais senti-Lo. Um exemplo disso é a falta de reverência que apresentamos inúmeras vezes quando chegamos à igreja antes de uma celebração.

     Quantas vezes entramos na casa de Deus e corremos para conversar com os irmãos ou afinar os instrumentos e só vamos falar com Aquele que é digno de todo louvor quando a cerimônia já "começou"?! 

     A primeira coisa que devemos fazer ao chegar na casa de Deus é orar pedindo misericórdia do Senhor! É adorá-Lo, ainda que seja por alguns instantes. Quando Isaías recebeu aquela visão de Deus, ele viu muitas coisas: os serafins, as colunas do templo tremerem, a fumaça que encheu o lugar..., mas quando ele avistou o Senhor, sentado sobre seu trono, não deu atenção a mais nada, apenas ao Senhor! Tanto que ele afirmou: "Ai de mim, estou perdido! Porque sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos!”, diz Isaias no Capítulo 6, verso 5. 

     O profeta poderia ter relatado todas as outras coisas que tinha visto, mas o que tomou a atenção dele foi a visão do Deus Todo-Poderoso! Quando se viu diante do Senhor Isaias se reconheceu como pecador. É preciso dar mais atenção a Deus. Direcionar o foco ao Senhor, assim como fez Isaías.

Colaboração: Izabel Dadalto Armani
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home