Setembro de 2018 - Gabriel, Rafael e Miguel, arcanjos benditos do Senhor

Dia 29 de setembro a Igreja celebra a festa dos Santos Anjos, e de maneira especial, dos três arcanjos: Gabriel, Rafael e Miguel. Mas você sabe o que são essas criaturas de Deus? E de onde vêm os nomes dos arcanjos?

     Segundo o Catecismo jovem da Igreja Católica, “os anjos são criaturas de Deus, puramente espirituais, que têm inteligência e vontade. Não são corporais nem mortais e normalmente não são visíveis. Vivem constantemente na presença de Deus e transmitem aos seres humanos a vontade de Deus e a Sua proteção”.

     Bem, mas de onde vêm os nomes dos três arcanjos pelos quais a Igreja sustenta uma grande devoção? Gabriel, Rafael e Miguel são anjos que aparecem nas histórias bíblicas e que auxiliaram homens de Deus num momento de necessidade ou, no caso do último, faz parte da história de salvação.

     Na Bíblia, alguns versículos dão indícios das funções de cada um dos arcanjos:

     Gabriel é o Anjo Mensageiro, como  mostra Daniel 9, 20-27: “Enquanto, pois, eu falava e rezava, Gabriel, que eu tinha visto antes em visão, voou veloz até mim na hora da oblação da tarde. Ele me informou, falando comigo e dizendo: Daniel, vim para instruir-te e fazer-te compreender”.

     Rafael é o Anjo da Cura e da Reconciliação, segundo Tobias 11, 7,8: “Rafael disse a Tobias, antes que ele se aproximasse do pai: “Tenho certeza de que se abrirão os olhos de teu pai. Unta-lhe os olhos com o fel do peixe; o remédio fará as manchas brancas contrair-se, e elas cairão de seus olhos como escamas. Assim teu pai vai recuperar a vista e verá a luz”. 

     Miguel, o Príncipe da Luz, segundo Judas 1,9: “Quando o arcanjo Miguel disputava com o diabo e discutia a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a pronunciar contra ele uma sentença injuriosa, mas disse: “Que o Senhor te condene”.
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home