Outubro de 2018 - Adorando na Intimidade com Deus

     Ninguém consegue expressar um amor profundo por alguém que não conhece ou não ouviu falar. Se eu, ao conhecer uma pessoa, conversar por breves cinco minutos com ela, terei mais liberdade e haverá uma possibilidade maior de expressar qualquer tipo de sentimento.

     Acontece que nesses cinco minutos, ainda que cinco minutos, é possível se tornar mais íntimo dessa pessoa. A adoração a Deus se manifesta em nossas vidas de acordo com a intensidade que zelamos pela intimidade com Deus. Se buscamos pouco, pouco refletirá  a adoração em nós. Se buscamos muito, certamente conheceremos mais ao nosso Deus. A Sua palavra nos diz: ..."os que me procuram me encontram", Pv. 8.17 . Às vezes há uma confusão, porque algumas pessoas pensam que a partir da conversão a intimidade com Deus já é plena e suficiente.

     De fato, quando nos convertemos a Cristo, automaticamente temos comunhão com Deus. Mas intimidade é fruto do quanto queremos conhecer, ouvir, saber, aprender de Deus. Se eu ler a palavra, Deus irá se revelar a mim. Se eu rezar e perseverar nessa atitude, estarei mais sensível à Sua voz. É um processo natural. Dos doze discípulos de Jesus, um se destacava na intimidade com o Senhor. Este era João. Ele era tão íntimo do Senhor, que inclinava a cabeça no peito do Mestre para O ouvir (Jô. 13.25 e 21.20).

     Acredito que o Senhor não orientava aos seus discípulos a essa ação. Esta era uma atitude de João! Por outro lado, sempre que Jesus ia a algum lugar e não iam todos os seus discípulos, em geral três o acompanhavam: Pedro, Tiago e João. Portanto, intimidade com Deus é fruto prático na vida de uma pessoa. Quem se direciona até Deus, acaba conhecendo mais a Deus, mais de Deus. E quem O conhece mais O ama mais por vê-Lo como Ele realmente é.

     A pessoa que assim anda, acaba se rendendo completamente a Ele, se deixando reinar por Cristo e a adoração, então, fluirá. As reuniões de Adoração acontecem todas as quintas-feiras, às 16 horas, na Paróquia São João Bosco. 

Izabel Dadalto Armani

Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home