Estudo revela que pobreza e desigualdade aumentaram no Brasil


A Fundação Getúlio Vargas Social lançou o levantamento “Qual foi o impacto da crise sobre a pobreza e a distribuição de renda?”. O estudo indica aumento da pobreza e da desigualdade até o segundo trimestre de 2018, e mostra que hoje existem 23,3 milhões de pessoas vivendo abaixo da linha de pobreza. A miséria subiu 33% nos últimos quatro anos. São 6,3 milhões de novos pobres – mais do que a população do Paraguai – adicionada ao estoque de pobreza



     Baseados nessa realidade, o crescimento da pobreza tem desafiado a Sociedade São Vicente de Paulo, os chamados vicentinos.  As reflexões vicentinas embasadas no tema “Contra as pobrezas agir juntos” vão até 31 de dezembro. A partir do dia 1º de janeiro de 2019, o trabalho dos confrades e consócias brasileiros passa a ser pautado pela nova temática – Mestres e Senhores. A escolha de um assunto comum para ser estudado por Conferências e Conselhos de todo país é um projeto da Assessoria Espiritual do Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo (CNB/SSVP).

     No dia 1º de outubro de 2018 aconteceu o lançamento da carta explicativa do ano temático, durante a reunião ordinária do Conselho Nacional, realizada na área do Conselho Metropolitano de Olinda e Recife (PE).


Atuação local

     Na Paróquia São João Bosco existe um grupo de pessoas que trabalha junto aos mais pobres, doentes e necessitados. Eles constituem uma Conferência Vicentina, porque se inspiram na ação e na espiritualidade de São Vicente de Paulo (1581-1660), pai dos pobres e reformador do clero.

     Os integrantes do grupo não se limitam a atender as pessoas nas dependências da paróquia. Eles fazem visitas aos assistidos in loco, isto é, nas suas moradias. Com isso, penetram mais profundamente na realidade dessas pessoas, as acompanham e as educam. E são também transformadas por esses assistidos e confirmam que o contato com o mundo dos pobres ensina muitas coisas.

     O grupo faz a reunião semanal nas noites das terças-feiras, às oito da noite, depois da missa diária. Trocam informações e impressões sobre os problemas das pessoas atendidas e assim tem uma visão mais aprofundada. Também rezam e refletem sobre a Bíblia. Os interessados podem se juntar aos vicentinos e serão bem-vindos. 
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home