Janeiro de 2019 - Tito, o companheiro inseparável do apóstolo Paulo

     Não há referências sobre a genealogia e pontos concretos da vida e morte de Tito, porém, sabe-se que ele foi um dos convertidos pelo ministério de Paulo e se tornou grande amigo, companheiro e cooperador do apóstolo (2º Coríntios 8.23) a quem ele chamava de “meu verdadeiro filho na fé” (Tito 1.4).

     Quando Paulo teve de viajar para a Antioquia, a fim de defender sua teologia em relação ao Evangelho, levou Tito com ele para a reunião com os líderes da Igreja em Jerusalém (Gálatas 2.1-5).

     O nome de Tito não é citado em Atos dos Apóstolos, porém sua pessoa está relacionada à caminhada do apóstolo Paulo citado também na 2ª carta aos Coríntios (2.12-13).

     Há uma carta entre os vinte e sete títulos do Novo Testamento Bíblico que leva o nome de Tito. A carta está entre 2ª Timóteo e Filemom. Tito possuí três capítulos contendo o total de quarenta e seis versículos.

     Ao contrário dos Evangelhos que iniciam o Novo Testamento e que levam os nomes dos autores nos títulos, por exemplo, Mateus foi escrito por Mateus, Marcos foi escrito por João Marcos, Lucas foi escrito por Lucas e João foi escrito por João, a carta de Tito não foi escrita por ele. Ela é de autoria do Apóstolo Paulo destinada a Tito. A carta do apóstolo a Tito é conhecida como “epístola pastoral”.

     Quando o apóstolo Paulo escreveu essa carta possivelmente encontrava-se na Macedônia, pouco antes de chegar a Nicópolis, cidade da Acaia, ao sul da Grécia, por volta de 64 depois de Cristo.

     Tito foi discipulado pelo apóstolo Paulo e alvo de uma das suas epístolas pastorais, nisso vemos a importância do método infalível ensinado por Jesus no seu ministério: o discipulado.

     A missão de Tito era clara: combater as fábulas judaicas, hostilidade ao matrimônio com a finalidade de adquirir conhecimento e ciência superior, colocar em perfeita e boa ordem as Igrejas que estavam em processo de formação em Creta. Cabia a Tito ensinar o Verdadeiro cristianismo a diferentes faixas etárias de pessoas jovens, moças, idosas. Além de conservar a sã doutrina e levar uma vida exemplar para que ninguém se escandalizasse em seu testemunho de vida. 
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home