Boa noite!           Domingo 21/10/2018     19:05

Outubro de 2018 - Simão, o pouco conhecido dos doze apóstolos

     Simão foi um nome comum nos tempos do Novo Testamento. Por esse motivo muitos homens na Bíblia são chamados de Simão. Pelo menos nove personagens bíblicos são mencionados no Novo Testamento por este nome, porém, nesta edição o Em Família apresenta Simão, um dos doze primeiros apóstolos de Jesus Cristo. Ele nasceu em Caná, na Galileia, e apesar da sua condição de apóstolo é o menos citado nos Evangelhos. É referido como o Cananeu de acordo com o Livro de Mateus e como o Zelote no Livro de Lucas e em Atos dos Apóstolos.

     A palavra grega Cananeu e a palavra Zelote, derivadas do aramaico, significam a mesma coisa: "zeloso". Supõe-se por esse apelido que Simão pertencia à seita judaica conhecida como zelotes. Os Zelotas muitas vezes dependiam do terrorismo para alcançar seus objetivos. Se o próprio Simão se envolveu ou não nesses tipos de atividades, não se sabe, mas ele definitivamente era um defensor deles.

     Como os outros primeiros apóstolos de Jesus Cristo, Simão participou de todas as missões dos discípulos. Segundo os Evangelhos sinóticos (como são chamados os textos de Mateus, Marcos e Lucas), Jesus enviava seus apóstolos em pares, para pregar o Evangelho e Simão teria ido ao Egito juntamente com Filipe e depois seguido para a Bretanha e a Espanha. Teria chegado à Ásia Menor e, desse ponto, teria viajado em companhia de Judas Tadeu pela Mesopotâmia e pela Síria. Chegando à Pérsia juntou-se a outros apóstolos que por ali evangelizavam.

     Segundo o cronista cristão Hegésipo, o apóstolo Simão teria sofrido seu martírio durante o império de Trajano, aos 120 anos de idade. As versões sobre sua morte são duvidosas, porém, a tradição católica diz que Simão teria sido serrado vivo e festeja sua memória no dia 28 de outubro. 
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home