Boa tarde!           Sexta 17/08/2018     12:14

Agosto de 2018 - Bartolomeu reconhecido por Jesus como verdadeiro israelita

     Pouco se sabe sobre quem foi Bartolomeu na Bíblia. A melhor forma de se ter alguma informação sobre sua pessoa é considerando que Bartolomeu é mesmo o Natanael citado no Evangelho de João. Então nesse caso vemos Bartolomeu, um dos doze discípulos de Jesus, aparecendo na narrativa bíblica num diálogo com Filipe, onde é informado que sua cidade natal era Cana da Galileia (João 1:45,51).

     Ao se encontrar com Bartolomeu, Filipe lhe disse com muito entusiasmo que havia encontrado o Messias de quem Moisés e os profetas testificam. Quando Filipe acrescentou que se tratava de Jesus, o filho de José de Nazaré, Bartolomeu fez a conhecida pergunta: “Pode sair alguma coisa boa de Nazaré?” (João 1:46). Essa pergunta indica que até aquele momento Bartolomeu nunca havia percebido alguma profecia messiânica relacionada àquela cidade. Alguns comentaristas enxergam nessa pergunta uma tipo de preconceito para com a cidade de Nazaré.

     Embora de fato houvesse esse preconceito, é bem pouco provável que Bartolomeu tivesse isso em mente. Em outras palavras, talvez ele apenas estava dizendo: “Será que Moisés e os profetas realmente falaram de Nazaré numa categoria messiânica?”. Filipe nem se propôs a discutir esse questionamento com Natanael. Sua resposta foi a mais esclarecedora possível: “Venha e veja”.

     Bartolomeu acompanhou Filipe até o Senhor Jesus. Ao ver Natanael se aproximando, Jesus disse: “Vejam, aí está um israelita em quem não há falsidade” (João 1:47). Com isso Jesus não estava indicando que Bartolomeu era perfeito, mas que em seu caráter honesto, ele se diferenciava da maioria dos judeus.

     Ao ouvir as palavras de Jesus, Bartolomeu sinceramente lhe perguntou: “Como me conheces?”. É possível que naquele instante Natanael tivesse suspeitado que Filipe já havia falado sobre ele. Mas logo Jesus tratou de acabar com qualquer suspeita: “Antes que Filipe o chamasse, quando você estava debaixo da figueira, eu o vi” (João 1:48). Diante de tal declaração, Natanael reconheceu: “Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel” (João 1:49).
Voltar Topo Enviar a um amigo Imprimir Home